Em entrevista exclusiva ao site Fangoria, Chloë Moretz falou sobre o adiamento da estreia de “Carrie” em sete meses, nos Estados Unidos (no Brasil, o atraso será de oito meses).

“Nós prolongamos o filme, para ser honesta. Fizemos algumas refilmagens [em Toronto em maio passado], adicionamos três cenas extras comigo e Julianne Moore e tentamos fazer o filme mais profundo e sombrio. Prolongamos algumas cenas que precisavam ter um momento extra ou um compasso extra, apenas para torná-lo ainda mais profundo. Não foi sobre cortar qualquer coisa ou tentar editá-las, mas sobre adicioná-las para tornar o filme mais assustador e mais intenso”.

“Carrie” chega aos cinemas brasileiros em 29 de novembro.

# Carrie