Leia a seguir tradução da entrevista que Chloë concedeu ao The Hollywood Reporter durante sua passagem pelo Deauville Film Festival na última semana.

Na sequência de uma semana que viu sua vida amorosa como assunto de especulações dos tabloides, Chloë Grace Moretz permaneceu focada em sua carreira enquanto ela veio para Deauville para receber o Rising Star Award do festival de cinema francês.

Com 55 filmes em sua correia, a produtiva atriz de 19 anos, brinca que está feliz que “as pessoas a têm assistido e não foi em vão”. Mas após encerrar as filmagens do thriller ‘November Criminals’ e o intenso drama psicológico ‘Brain on Fire’, a atriz “teve um momento “Venha para Jesus” e retirou-se de todos os seus projetos de filmes futuros.

Moretz disse que o ritmo de vários filmes por ano foi fazendo-a perder de vista por que ela começou a atuar e em vez disso se concentrar na bilheteria de um filme.

“Então, eu desliguei todos os meus filmes, porque quero reavaliar quem sou e encontrar-me dentro dos meus papéis novamente”, ela disse ao The Hollywood Reporter. “Estou percebendo que posso desacelerar”.

Ao contrário, ela está se concentrando em produzir e está atualmente trabalhando em dois programas de TV que ela irá em breve começar a vender.

A atriz seguirá para Toronto para estrear ‘Criminals’ e ‘Fire’ e em seguida, comparece à campanha de Hillary Clinton, após seu discurso na convenção nacional Democrática em julho.

Mesmo tendo crescido na frente da câmera, lidar com a especulação dos tabloides sobre sua vida pessoal “é difícil, e os paparazzi são difíceis”, disse ela, que está percebendo que não pode se concentrar sobre as dificuldades de estar sob holofotes quando lhe foi dada uma plataforma para falar sobre os problemas com os quais se preocupa, como positividade com o corpo para meninas e trazer as artes de volta para o sistema de ensino dos EUA.

“Percebi que se eu parar de falar sobre a negatividade, então isso não pode prosperar. E isso é algo para o qual eu vim muito, muito recentemente”, ela riu, notando que tem a guerra dos candidatos presidenciais.

A franca atriz também disse que ela aprendeu com uma rixa que teve com Kim Kardashian no Twitter sobre fotos nuas no início deste ano e através de sua relação pessoal com Clinton.

“Acho que eu dei a minha atenção para as pessoas que não merecem a minha atenção. Então, de certa forma acho que eu lamento dar-lhes a atenção, [embora] eu não me arrependa do que eu disse”, ela falou sobre o tumulto da mídia social. “Mas também percebi que ser a pessoa mais opinativa e barulhenta na sala nem sempre é o mais impactante. Aprendi isso com Hillary”.

“‘É ótimo estar mal-humorada’, estas foram suas palavras exatas”, acrescentou Moretz. “Mas, por vezes, a forma mais inteligente de entrar na psique das pessoas é ser a pessoa mais quieta na sala. Deixe todos os outros brigarem e lançarem suas palavras e então você vem com a voz tranquila e isso será o mais impactante”.

Tradução: Cristina – Chloë Moretz Brasil

# Entrevista