Chloe foi entrevistada pelo Refinery29, onde falou sobre ser questionada novamente a respeito do incidente envolvendo Kim Kardashian durante entrevista ao Watch What Happens Live este semana, confira traduzido:

Chloë Grace Moretz se junta a Taylor Swift no clube de mulheres que gostariam de ser excluídas da narrativa de Kim Kardashian. Em entrevista à Refinery29, a atriz de Miseducation of Cameron Post disse estar cansada de ser constantemente questionada sobre o incidente de 2016, quando Kardashian a mencionou no Twitter depois que Moretz criticou sua foto nua.

“Eu realmente espero que você perceba o quão importante é a definição de objetivos para as mulheres jovens, ensinando-lhes que temos muito mais a oferecer do que apenas nossos corpos”, escreveu Moretz.

“Vamos todos dar boas-vindas à @ChloeGMoretz no Twitter, já que ninguém sabe quem ela é”, Kardashian respondeu, sempre condenando Moretz a uma vida de manchetes sobre seu incidente. Elas surgiram novamente depois que a atriz apareceu no Watch What Happens Live e foi questionada sobre o perfume KKW que Kim Kardashian enviou para seus inimigos, incluindo Moretz.

“Eu nunca recebi isto”, ela admitiu. “Eu literalmente recebi um vídeo do meu publicitário. Eles disseram: ‘Eles enviaram isso, então apenas o guardamos’. Eu estava tipo ‘OK. Legal’. Mas… Obrigado?”

Mais uma vez, o seu “incidente” era o centro das atenções, e quando Refinery29 perguntou se ela estava cansada das manchetes, Moretz deu um enfático sim.

“Eu superei”, ela disse. “Há tantas coisas sobre as quais conversamos ontem à noite no Watch What Happens Live e o fato de que, literalmente, a única manchete em todos os principais sites de notícias atualmente é eu e Kim Kardashian. É uma história morta, na minha opinião. Estou cansada de ser perguntada sobre isso, e estou cansada de essa história ser retomada, especialmente quando estou promovendo um filme sobre terapia de conversão, que é uma questão muito real e moderna na América.”

Em um nível mais amplo, ela apontou que as manchetes encorajam a narrativa de mulheres contra mulheres que, a essa altura, deveríamos ter nos movido disso.

“Não há necessidade de se lembrar de algo que aconteceu literalmente há três ou quatro anos”, disse ela.

The Miseducation of Cameron Post chega aos cinemas americanos em 3 de agosto.

Fonte: Refinery29

# Entrevista