Categoria: Notícias

O Telecine lançou em seu catálogo de streaming no sábado o filme “Uma Sombra Na Nuvem”, que conta com Chloe como a personagem principal, Maude Garrett. A notícia é do site Adoro Cinema, confira:

Prontos para conhecer mais uma mulher poderosa do mundo do cinema? Um dos grandes lançamentos de abril, Uma Sombra na Nuvem já chegou ao catálogo do streaming do Telecine e ganha superestreia no Telecine Premium, também neste sábado (17), às 22h. Estrelado por Chloë Grace Moretz, o filme promete agradar aos fãs de aventuras e mistério, com aquela pegada básica de empoderamento feminino, que é sempre bom, não é mesmo?

Chloë Grace Moretz é conhecida por obras como Se Eu Ficar e Kick-Ass: Quebrando Tudo (também disponíveis na Telecine), mas assume uma heroína completamente diferente em Uma Sombra na Nuvem. Ela interpreta Maude Garrett, uma piloto durante a Segunda Guerra Mundial, cuja missão é proteger e entregar um pacote ultra secreto.

Para isso, ela embarca num avião recheado de homens, que desprezam suas experiências e habilidades, além de suspeitar das suas intenções. Porém, quando surge uma criatura maligna dentro da aeronave, Maude precisa lutar numa guerra sobrenatural, além de superar uma emboscada aérea para cumprir sua tarefa… E sobreviver, é claro.

“Quando comecei a filmar, não imaginava que fosse precisar usar tanta força física. Foi a coisa mais maluca que já fiz. Eu adorei fazer tantas cenas de ação e ficou bom para caramba”, fala Chloë em making-of divulgado na página do filme no Telecine.

Shadow in the Cloud (no original) conta com direção de Roseanne Liang, que também reescreveu o roteiro, já que ficou interessada pela jornada da protagonista Maude. “Ela é uma heroína excepcional, de um jeito que nunca vi antes. Nós queríamos fazer um filme de guerra diferente de qualquer outro filme de guerra. É uma montanha-russa desgovernada, mas no bom sentido”, diz a cineasta em making-of.

Originalmente criada por Max Landis (Poder Sem Limites), a história é livremente inspirada num episódio da clássica série Além da Imaginação, intitulado “Pesadelo a Dois Mil Pés”, onde apenas um passageiro observa uma presença estranha no avião. Já os efeitos especiais são feitos pela empresa Weta Digital, de Peter Jackson (trilogia O Senhor dos Anéis).

Por fim, a aventura ainda promove uma nova parceria de Chloë Grace Moretz com o ator Nick Robinson, com quem contracenou em outro drama fantasioso: A 5ª Onda. O elenco de Uma Sombra na Nuvem ainda é formado por Beulah Koale, Taylor John Smith e Benedict Wall.

Lançamento Première Telecine, selo que traz produções inéditas e exclusivas para o Brasil, Uma Sombra na Nuvem chega à sessão superestreia no Telecine Premium, às 22h, e na plataforma de streaming no sábado (17). Se você ainda não é assinante do serviço de streaming do Telecine, é possível testar o serviço gratuitamente por trinta dias.

Clique aqui para assinar o Telecine

# Filmes, Notícias, Shadow In The Cloud

No dia 19 de março Chloë foi clicada por paparazzis andando pelo Pacific Palisades, Califórnia. Veja imagens na galeria:

# Candids, Galeria, Notícias

O Deadline divulgou com exclusividade que o Hulu adquiriu os direitos de exibição do novo filme de Chloë, “Mother/Android”, gravado em outubro e novembro do ano passado. Confira:

EXCLUSIVO: O Hulu adquiriu os direitos americanos do thriller de ficção científica Mother/Android da Miramax e 6th & Idaho, estrelado por Chloë Grace Moretz.

O streamer vai estrear o filme em algum momento deste ano.

O filme, que representa a estreia na direção de Mattson Tomlin, se passa em um futuro próximo e segue Georgia (Chloë Grace Moretz) e seu namorado Sam (Algee Smith) em sua jornada traiçoeira de fuga enquanto seu país é pego em uma guerra inesperada com inteligência artificial. Dias antes da chegada de seu primeiro filho, eles devem enfrentar No Man’s Land – uma fortaleza do levante andróide, na esperança de alcançar a segurança antes do parto. Raul Castillo também estrela.

Tomlin também escreveu o longa, que é produzido por Reeves por meio de seu selo 6th & Idaho com Adam Kassan, Rafi Crohn junto com Bill Block e Charles Miller da Miramax.

Tomlin disse: “Este filme é um trabalho de amor e eu não poderia estar mais feliz porque, nestes tempos extremamente estranhos, Mother/Android será controlado por um parceiro que realmente se preocupa. Eu me sinto extremamente sortudo por Hulu trazer o filme para o público ainda este ano. ”

Reeves acrescentou: “A estreia de Mattson na direção é um filme de ficção científica íntimo que é bonito e extremamente pessoal, com uma performance poderosa e emocionante de Chloë Moretz. Estou incrivelmente empolgado com o fato de o Hulu compartilhar o Mother/Android com o público.”

Moretz recentemente ganhou muitos elogios por sua vez como uma capitã da Segunda Guerra Mundial que enfrenta uma criatura sobrenatural enquanto protege um pacote ultrassecreto em Shadow in the Cloud, que estava disponível no PVOD no Natal passado. A atriz também estrela Tom e Jerry da Warner Bros/HBO Max recentemente representou a melhor estreia de um filme para a família durante a pandemia, com US $ 14,1 milhões. Ela também deve reprisar seu papel de narração como Wandinha na próxima sequência da MGM para a Família Addams. Seus créditos no cinema incluem 500 Dias de Summer, a franquia Kick-Ass, The Equalizer, Suspiria, Clouds of Sils Maria e Neighbours 2: Sorority Rising.

Smith pode ser visto atualmente no papel de Jake Winters no filme da Warner Bros, vencedor do Globo de Ouro, Judas and the Black Messiah. Ele também interpreta Chris McKay no vencedor do Emmy da HBO, Euphoria, e estrelou filmes como Detroit e The Hate U Give.

Mother/Android se junta à lista crescente de filmes originais do Hulu, incluindo Palm Springs, Bad Hair, Run, Happiest Season, Boss Level, False Positive and the Golden Globe winning The United States vs. Billie Holiday.

A Miramax financiou e produziu um dos filmes de maior bilheteria de 2020 antes que a pandemia fechasse os cinemas em todo o mundo, The Gentlemen , de Guy Ritchie, que arrecadou US $ 115,2 milhões mundialmente.

Recentemente, Tomlin co-escreveu o próximo filme de Matt Reeves da Warner Bros. DC, The Batman.

Fonte

# Filmes, Mother/ Android, Notícias

Chloë é a capa de março da revista SHAPE, trazendo no recheio uma ótima entrevista e uma sessão de fotos belíssima. Confira traduzida a seguir e todas as fotos na galeria:

Ela está usando sua plataforma para amplificar a voz dos outros e se posicionar sobre o que realmente importa.

Chloë Grace Moretz deveria estar na estrada. Ela estrela dois grandes filmes lançados este ano, então há muito o que promover. Mas desde que a pandemia interrompeu a vida normal, ela está estacionada em sua casa em Los Angeles, o que a apresenta com algumas novas realidades: estar em sua residência (este é o período mais longo de todos os tempos) e ter muito tempo livre.

Desde os 5 anos, Chloë passou a maior parte de sua vida viajando ou em um set. Desde que ela consegue se lembrar, seus dias seguem uma programação rígida planejada para cada hora. Então, puf, sua rotina de repente foi desmontada e Chloë ficou desamparada. “No início, foi bom fazer uma pausa. Achei que poderia durar algumas semanas. Então, tornou-se muito real que não iríamos voltar ao trabalho. Foi intimidante e assustador.”

Com a mudança para intermináveis horas não contadas, Chloë começou a examinar seus objetivos de vida e, essencialmente, partiu para uma odisséia para se conhecer. Seu único mandato era ser verdadeira. “Eu sempre vou pela honestidade”, diz ela. “Contanto que você fale a sua verdade, você não vai se conduzir errado.”

Em seu processo até agora, Chloë descobriu algumas coisas. Mais notavelmente, como é importante para ela respaldar suas crenças. Ela se educou em questões de justiça social e usou sua página do Instagram para permitir que figuras políticas e outros ativistas falassem com seus 17 milhões de seguidores. Se há um ditado sussurrado de que as jovens estrelas de Hollywood devem permanecer neutras e silenciosas, Chloë não está cumprindo.

Eu sei que pode ser polarizador, mas não tenho medo. Eu quero ser vocal sobre o que é importante para mim.

Ela também tem uma nova apreciação pelo crescimento que vem com seu trabalho. Os próximos dois papéis de Chloë flexionam os músculos opostos de atuação, o que não poderia deixá-la mais feliz. Primeiro, ela se torna totalmente engraçada, estrelando como Kayla na comédia de ação e bem-estar Tom e Jerry, baseada no clássico dos desenhos animados e com lançamento previsto para este mês. Em total contraste, Chloë também estrela o drama sombrio Shadow in the Cloud (lançado nesta primavera) como a heroína prática Maude Garrett, uma pilota impiedosa da Segunda Guerra Mundial que está desafiando o patriarcado como a única mulher em uma tripulação masculina .

“Não quero que as pessoas digam: ‘Sei com certeza quem é Chloë Grace Moretz como atriz.’ Ou uma pessoa, por falar nisso “, diz ela. Chloë continua a evoluir e olhar para dentro, e suas descobertas a levaram a alguns lugares muito felizes. Aqui, ela compartilha as lições valiosas que aprendeu e o que realmente a move.

Fingir não é uma opção

“É importante que as pessoas ao meu redor saibam onde estou e quem sou, e que minhas ações falam mais alto do que minhas palavras. Sou a pessoa mais leal, até demais. Conhecer a mim mesma, falar a verdade e minha lealdade transparecem, e as conversas podem crescer a partir daí. Sempre compartilho meu coração em termos de política e o que sinto que é certo e errado na indústria. Nunca desisti de ser honesta.”

Felicidade é igual a treino

“Há alguns anos, perdi de vista a importância dos exercícios para mim. Esqueci como eles proporcionam clareza mental e destreza e me mantêm firme e com os pés no chão. Agora realmente voltei a fazer isso em tempo integral. Trabalhando a mente, o corpo e alma – isso é super importante.”

“Antes da pandemia, eu fazia exercícios com meu treinador Jason Walsh, que se concentra em movimentos primitivos, como engatinhar e rolar para bebês, onde você rola do abdômen para as costas. Quando comecei, esses movimentos básicos ajudaram imediatamente várias dores a deixarem meu corpo. Cinco dias por semana, estava vendo Jason em L.A. ou outro treinador incrível, Daniel Lavipour, em Londres. Então, nos fins de semana, eu estava tendo aulas de ioga restaurativas. Eu estava constantemente com eles, pessoalmente ou pelo FaceTime. Há algo maravilhoso nessa companhia.”

“Mas em quarentena, pausei os exercícios com o treinador. Pela primeira vez, percebi que tenho a capacidade de continuar os exercícios regulares por conta própria, embora possam não ser tão intensos. Alguns dias, tudo que consigo reunir é me levantar e me alongar. É o suficiente para dizer, ‘Eu pensei em malhar, mas agora estou sentada aqui e pelo menos estou tendo 20 minutos de sossego.’ Estou usando esse tempo de treino designado para desvendar minhas emoções.” (Aliás, Walsh também preparou Brie Larson para sua escalada no Grand Teton.)

A Arte de um Plano de Fuga da Ansiedade

“Eu pensei que talvez eu estivesse com ansiedade, mas então a pandemia me atingiu e eu pensei, ‘Oh, eu tenho ansiedade com certeza’. Meu meu eu mais calmo e centrado é quando estou no set e ocupada. Tenho tendência a me sentir estressada nos momentos mundanos do dia a dia em casa. Agora que estou em casa o tempo todo, minha ansiedade está constantemente aumentando. Aprendi que quando essa luta ou fuga surge, cabe a mim pegar essas tendências, reconhecê-las e respeitá-las, mas depois trazê-las de volta.”

“Eu consegui lidar com isso fazendo uma verificação de sentido. Quais são as duas coisas que posso cheirar, provar, ver e sentir agora? Em seguida, faço a respiração de caixa, que é quatro contagens para dentro, quatro contagens retidas e quatro contagens para fora. Muito rapidamente, volto à minha realidade e apenas me ancorarei. Então consigo me concentrar no dia de hoje: ‘O que vou comer no jantar? O que devo ler?’ Além disso, não posso deixar de falar o suficiente de um bom terapeuta que irá orientá-lo e ajudar a descobrir o que é mais verdadeiro para quem você é.”

Evoluindo sua relação com a comida

“Tive uma relação pouco saudável com a comida durante anos, sempre tentando criar um déficit de calorias e nunca me sentindo totalmente satisfeita. Uma grande coisa que aprendi é a alimentação consciente – coma como quiser, mas faça-o com inteligência. Cresci e comecei a confiar em comer para o meu corpo e comer alimentos saudáveis inteiros. E se eu sei que terei um grande jantar ou um grande almoço, tenho um pouco menos em qualquer direção. Isso tem sido muito bom para mim. Eu também bebo álcool apenas nos fins de semana. É muito fácil para mim cair em uma taça de vinho todas as noites, o que afeta minha clareza mental.”

Às vezes, o inferno se abre e está tudo bem

“Eu era pescatariano, mas depois da quarentena, simplesmente não podia deixar de comer frango frito. Por duas semanas inteiras, eu comi Dave’s Hot Chicken: dois sanduíches de frango frito todos os dias. Eu estava tipo, ‘Eu tenho que comer. Não sei o que fazer sobre isso.’ Me tornei um pequeno demônio. Então pensei: ‘Algo aconteceu. Não estou bem. Minha digestão não está normal. Estou explodindo totalmente’.”

Depois que entrei em um ciclo de rotina alimentar, isso realmente ajudou. Agora, normalmente, como peixe, geralmente salmão. Eu preparo as refeições de domingo a quarta-feira e, em seguida, congelo o resto dos filés de salmão para assar quarta-feira à noite para quinta, sexta e sábado. Mas nos fins de semana, eu definitivamente me dou um tempo. Eu fico tipo, ‘Coma o que quiser e se divirta.”

Cozinhar é um oásis

“Eu nunca tinha tempo para cozinhar porque estava sempre trabalhando. Durante a quarentena, fiz um estoque de mantimentos com o plano de ser criativo em tudo. Também comecei realmente a jardinagem para cultivar alimentos para mim. Pude provar a diferença em ervas cultivadas em casa e, em seguida, compostar tudo o que eu não usei. Eu queria descer ao básico da culinária, aprender a fazer meu próprio caldo de osso, roux e molhos e depois brincar com cozinhas diferentes. Eu me joguei na culinária japonesa também, porque adoro a simplicidade, aprendi a usar os mesmos ingredientes de 50 maneiras com vários caldos dashi.”

“Também aprendi a assar pão de massa fermentada e a manter viva a entrada. Gostei de compartilhar minha iniciação com meus amigos – deixe-a na casa deles. Coloquei todo o meu amor e pensamento para criar uma receita, em seguida, dar comida às pessoas e vê-las comer, é eufórico.”

A beleza se reduz à simplicidade

“Para mim, cuidar da pele é o primeiro e mais importante. Confio em produtos naturais, mas poucos produtos em geral. Para lavar, costumo usar azeite e mel como limpador antimicrobiano. Depois, como tônico, uso o SK-II Essência milagrosa do meio-dia, que é como esta água milagrosa. Também faço regularmente drenagem linfática no rosto, o que ajuda a limpar a acne.

Sempre baguncei meu cabelo. Sou naturalmente loira, mas adorei pintar meu cabelo. Eu também estava constantemente lutando contra meus cachos naturais. Tenho cachos muito cacheados em toda a minha cabeça. Recentemente, parei de fazer alisamento brasileiro. Meu cabelo está tão agradecido e estou obcecada em cuidar dele. Não tem sido tão espesso e longo desde que eu tinha 11 anos. “

Querer ouvir e aprender

“Eu uso minhas plataformas para amplificar vozes que não têm seu próprio público para falar sobre seus desafios. Eu sempre me pergunto: O que eles passaram? E o que posso tirar disso? É muito fácil ser uma aliada performativa e apenas repassar algumas citações, mas você está realmente fazendo as perguntas e se educando sobre o que isso significa? Como uma mulher branca na América, admito que estou incrivelmente isolada. Então, estou me sentando e calando a boca e dizendo: ‘Tudo bem. Vou aprender, e vou bater no chão e realmente me educar, porque é crucial’.”

Fonte | Tradução: Bruna Rafaela – CMBR

# Entrevista, Notícias, Photoshoot