Categoria: Artigos

Uma pequena entrevista de Chloe foi divulgada no site da revista Atrevida. Confira abaixo.

Quais foram os seus pensamentos quando você se aproximou da história de Se eu Ficar?
Eu amei! Amei a história! Amei a personagem e a sua força e ambição. Ela é mais do que apenas a namorada de alguém. Mia é alguém que tinha uma vida pela frente e sabia muito bem o que quieria mesmo sendo tão jovem e eu estava totalmente aberta para me conectar com ela. E outra: eu adoro fazer filmes para adolescentes. Gosto de atuar em longas que os meus amigos possam ir junto com as suas mães.

Qual foi a sua reação ao ler o livro?
Lágrimas. Quando eu descobri que a história foi inspirada na história de uma amiga da autora, aquilo se tornou tão real para mim e me fez encarar a história de uma maneira bem mais ampla do que apenas um livro. A história tocou o meu coração.

Nos conte um pouco mais sobre Mia, sua personagem no filme.
Ela é uma jovem garota que já tem um pé na vida adulta, mas continua muito inocente. Ela é uma menina que sabe o que quer e vai atrás para consegui-lo. Ela não planejava entrar em uma relação amorosa, mas acaba conhecendo um cara e se apaixona por ele. No decorrer da história, ela acaba ficando dividida entre os seus dois amores: o namorado e a música, o que acaba gerando alguns conflitos.

Como foi trabalhar com o ator Jamie Blackley?
Jamie é um cara muito legal, uma ótima pessoa. Nós acabamos nos tornando grandes amigos e o resto acabou ficando muito fácil. Nos divertimos muito. Durante as filmagens, fizemos muitas coisas divertidas, como ir a uma pista de patinação e um show de rock. Foi bem divertido.

Qual foi a sua reação ao ver o filme pronto? Você teve alguma surpresa?
Eu amei! Constatei que aquele realmente era um filme muito bom. Eu o vi junto de minha família e meu agente e percebi que todo mundo havia amado. A história ficou tão fiel com a do livro e eu amei isso. A maior surpresa ficou por conta do final. Quando o filme terminou eu fiquei tipo: ‘Oh, meu Deus’!

Também foi divulgado um vídeo com cenas exclusivas do filme com comentários de Chloe, Jammie, do diretor R.J. Cutler e da produtora Alison, falando da importância da música no filme. Assista abaixo.

Fonte

# Artigos, Entrevista, If I Stay, Legendado, Vídeos

Para a divulgação de “Se Eu Ficar”, o USA Today realizou uma sessão de fotos com Chloe Moretz e Gayle Forman, além de uma entrevista exclusiva com as duas. Confira as fotos feitas por Dan MacMedan na galeria, e leia a matéria traduzida abaixo.

Photoshoots > 2014 > Dan MacMedan

 Para Chloe Moretz a melhor parte foi conhecer Hillary Clinton.

NOVA YORQUE – Estamos em agosto, mas Chloe Grace Moretz chega para almoçar no Trump SoHo Hotel tremendo e embrulhada em um suéter preto larguinho sobre uma saia branca pregueada e top.

“Está frio!” diz a loira estrela de If I Stay, que estreia na sexta-feira.

Talvez, mas as coisas estão decididamente quentes estes dias para a atriz e fashionista de 17 anos, que acaba de sair de uma série de filmes e está prestes a filmar ”A quinta onda”, o mais recente romance distópico adolescente para levá-lo às telonas. (“Estou super animada com isso”, diz ela sobre estrelar como a heroína Cassie Sullivan.)

Mas primeiro ela está falando sobre ”Se Eu Ficar”, baseado no romance para jovens adultos escrito por Gayle Forman, Nº 1 pela terceira semana seguida na lista dos mais vendidos do USA Today.

Forman, que mora perto de Brooklyn, compartilha seu sushi e se maravilha com a encarnação viva de sua narradora, Mia Hall. No filme, que é bastante fiel ao livro, Mia está em coma após um acidente de carro devastador. Flashbacks contam a história de sua vida familiar feliz (no início ela não sabe se seus pais e seu irmão mais novo sobreviveram ao acidente) e seu romance com um jovem roqueiro, Adam (Jamie Blackley).

Moretz diz que leu o roteiro de ”Se Eu Ficar” e ficou intrigada, mas realmente se apaixonou somente quando leu o livro. Ela enviou um e-mail à Forman e as duas iniciaram uma amizade on-line muito antes de se conheceram no ano passado. As duas recentemente estiveram em uma turnê por várias cidades, onde autografaram livros e pôsters e exibiram o filme para os fãs.

Para Forman, que visitou o set em Vancouver, Moretz foi uma escolha dos sonhos como Mia.

“Eu pensei ‘quem mais pode lidar com esse papel”, porque realmente são dois papéis distintos”, diz Forman, 44 anos, mãe de duas meninas. “Há a Mia vulnerável e apaixonada, e a Mia do acidente, que está neste estado como uma fantasma, mas que também tem essas cenas emocionalmente desgastantes.”

Moretz, que chutou alguns você-sabe-o em Kick-Ass e em sua sequência, diz que explorar seu lado mais suave foi um desafio. “Acho que porque sou uma jovem atriz eu tenho problemas em mostrar vulnerabilidade emocional aos 17 anos. Estou ok em ser feroz, fria e dura, eu estou matando pessoas, seja o que for, mas quando eu tenho que mostrar o amor, a felicidade e a euforia, é assustador. Você está abrindo um lado de si mesmo que ninguém vê.”

Leia mais

# Artigos, Entrevista, Galeria, If I Stay, Photoshoot

A revista americana Vogue trouxe Chloë Moretz na coluna ”People are talking about” de sua edição do mês de Setembro.  Com um novo photoshoot feito em Nova Iorque, e uma entrevista com a atriz, o scan da matéria pode ser visto em nossa galeria, assim como outtake, clicando nas miniaturas a seguir. Leia a matéria traduzida pelo CMBR abaixo.


Photoshoots > 2014 > Vogue Magazine
Scans > 2014 > Vogue (EUA) – Setembro

Super Garota
Neste outono, a extraordinariamente equilibrada Chloe Grace Moretz estará nos cinemas próximos de você.

Aos 17, Chloe Grace Moretz já fez de tudo – interpretou uma pré-adolescente assassina, uma vampira de séculos de anos de idade, uma parisiense dos anos 1930, e esteve em Cannes com seu hit Clouds os Sils Maria, onde interpreta uma estrela sempre nos tabloides. Há algum papel que ela não possa fazer? “Eu acho difícil interpretar a mim mesma”, ela diz com uma triste risada. “Eu sou uma garota feliz e sortuda na vida real, mas eu acho difícil demonstrar a minha felicidade.”

Em uma indústria agora habitada por atrizes cujos rostos frescos desmentem suas almas velhas – pense em Elle Fanning, Shailene Woodley, e Jennifer Lawrence, que, aos 24 anos, parece quase venerável – a jovem nascida em Georgia – Moretz completa o grupo.

Num minuto, ela está tagarelando por aí como uma colegial, no próximo, ela está atenta e serena em uma maneira que lembra uma jovem Ingrid Bergman. Neste outono a veremos mover-se habilmente de sua conversa inteligente para sua confusa companheira Keira Knightley, de 20 e poucos anos no filme de Lynn Shelton, Laggies, para sua heroína focada em Julliard, em If I Stay, uma adaptação comovente do livro best-seller de Gayle Forman.

Mesmo Moretz estando orgulhosa deste último filme, ela prefere papéis mais ousados, “Quanto mais obscuro, melhor”. Ela está prestes a começar a filmar o thriller alienígena “The 5th Wave”, sua primeira entrada em uma franquia.  Neste mês, ela estrela ao lado de Denzel Washington no filme de ação e crimes, “The Equalizer”, como uma jovem prostituta. “Não se preocupe”, ela me diz, “Você não verá nada demais, então está tudo bem.”.

Na primeira vez que conheci Moretz, ela tinha acabado de completar 14 anos e ela parecia muito precoce. Três anos depois, ela ainda parece, mas sua voz está mais baixa, e seu estilo bem melhor. Ela vira um copo de café vestindo Stella McCartney e carrega uma bolsa branca Channel. “Não é nenhum mistério o porquê todo mundo a escala”, diz o diretor de “If I Stay”, R.J. Cutler. “Chloe é uma ótima atriz. Ela sabe o que sabe, mas ela também sabe o que ela não sabe – e não tem medo de perguntar.” A única vez em que Moretz se parece com uma adolescente normal para mim é quando eu menciono fotos de paparazzi, onde ela está andando de skate com Brooklyn Beckham. Poderia ahver aí algum romance? “Ei”, ela grita, “ele é um amigo. Eu posso andar de skate com um cara, não posso? Enfim,” ela adiciona, “ele é dois anos mais novo do que eu.”
Por John Powers.

# Artigos, Entrevista, Galeria, Photoshoot, Scans

Chloe deu uma entrevista ao site USA TODAY, onde fala sobre música, programa de TV, livros e mais. Confira o artigo traduzido abaixo.

Music. “Eu tenho 15 mil músicas (no meu iPod). Agora eu estou gostando de artistas mais novos, como Banks, que é cantora mais nova e Chance The Rapper. Top 40 é sempre divertido: Bruno Mars, Coldplay, Katy Perry, Rihanna, City ​​and Colour, Tom Odell, Beck. Eu não tenho discriminação com a música. Apenas gosto de todos os tipos.”

Programa de TV. House of Cards. “É tão confuso, tão escuro, que literalmente me aterroriza; Robin Wright me assusta. É uma coisa incrível.”

Livros. “Eu amo ‘O Morro dos Ventos Uivantes’ e ‘A Redoma de Vidro’. Prefiro livro de bolso.”

Restaurante. “Tender Greens, aqui em LA . Eu sou obcecada. Eu comeria cada refeição, se pudesse. É literalmente apenas saladas.” Ela também gosta de folhas de algas e sushi. “Às vezes eu acordo às 11:30 p.m e vou comer sushi (na sua) primeira refeição.”

Atuando heroínas. “Uma enorme inspiração para mim crescendo foi  Natalie Portman.” Moretz diz que ela admira tudo, desde “a forma como ela lidou com Hollywood a partir de uma idade muito jovem” na suas “escolhas na atuação.” Como ela se transforma em ” mais um adulto ator dentro do mundo da atuação,” Moretz encontra inspiração em Julianne Moore.

Hora do dia. “Eu iria dormir até 16h00 da tarde, se eu pudesse. Eu configuro quatro alarmes quando eu tenho que levantar. Eu não gosto de acordar pela manhã. Eu adoro ficar acordado até tarde, só no meu quarto, sair, ouvir música e outras coisas “.

Atividade em Família. “Eu adoro ter um grande jantar com a minha família”, diz Moretz, que tem quatro irmãos mais velhos. “O meu favorito é quando todos nós preparáramos o jantar, ou pedimos algo e então temos uma grande fogueira no quintal. Uma das minhas melhores amigas toca violão, então todos nós cantamos juntos e temos um tempo realmente agradável juntos.”

Designers. “Eu amo Dior e Chanel. Eu uso J Brand Jeans e Urban Outfitter, camisas ou AG jeans e Converse ou botas.”

Sua escolha de carreira. “Eu não sinto falta de acordar às 8:00 para ir para a escola para sentar em uma mesa e aprender coisas que eu não gosto de aprender, às vezes. Prefiro acordar às 4 da manhã para ir ao set.”

Estrelas favoritas. “Eu corri para as gêmeas Olsen e fiquei chocada, porque o meu quarto aniversário o tema era Mary-Kate e Ashley.Você conhece o filme New York Minute elas fizeram. Eu não disse Olá à elas. Eu estava com muito medo. Eu estava em êxtase. Foi um grande momento. “

Hollywood queda. Ryan Gosling. “Eu nunca o conheci realmente. Acho que é por isso que eu ainda posso chamá-lo de uma queda de Hollywood, porque uma vez que encontrá-lo, eu não posso dizer isso.”

Fonte

# Artigos