A Variety divulgou com exclusividade que Chloë Moretz irá estrelar uma nova série da Amazon, a adaptação da obra ‘The Peripheral’. Confira a notícia:

Chloë Grace Moretz foi escalada para um dos papéis principais na adaptação televisiva de “The Peripheral” de William Gibson na Amazon, a Variety ouviu exclusivamente.

A série é centrada em Flynne Fisher (Moretz), uma mulher que tenta unir os pedaços de sua família desfeita em um canto esquecido da América de amanhã. Flynne é inteligente, ambiciosa e condenada. Ela não tem futuro – até que o futuro venha chamando por ela.

Moretz será vista a seguir em “Shadow in the Cloud”, de Roseanne Liang. O filme fez sua estreia mundial no Festival Internacional de Cinema de Toronto de 2020, TIFF, onde ganhou o prêmio anual Midnight Madness do festival. Ela também está atualmente na produção do filme de suspense de ficção científica “Mother/Android” e deve estrelar a adaptação em live-action para o cinema do desenho animado “Tom e Jerry”. Seus outros créditos recentes no cinema incluem “Greta”, “Suspiria” e a versão animada de “A Família Addams”. Do lado da TV, ela estrelou programas como “30 Rock”, “Gaslight” e “Dirty Sexy Money”.

Ela é representada pela WME, T Squared Entertainment e o advogado Sloane Offer.

“The Peripheral” foi escolhida para uma série pela Amazon no ano passado. O drama de uma hora vem do escritor, produtor executivo e co-showrunner, Scott B. Smith. Greg Plageman atuará como produtor executivo e co-showrunner. Jonathan Nolan e Lisa Joy também serão os produtores executivos sob sua bandeira da Kilter Films, com a dupla assinando um grande contrato geral com a Amazon em 2019. Vincenzo Natali será o diretor e o produtor executivo, com Athena Wickham da Kilter Films e Steven Hoban também como produtores executivos. Amazon e Warner Bros. Television irão produzir.

No Brasil o livro do qual a série será adaptada se chama O Periférico e ainda não obteve uma publicação.

Sinopse:

Flynne e o seu irmão Burton vivem numa América onde os empregos que não estão relacionados com a venda de drogas são raros. Burton sobrevive com o auxilio financeiro concedido aos veteranos devido a danos neurológicos que sofreu quando fazia parte de uma equipe de elite do exército. Mas o dinheiro é sempre escasso e por isso Burton faz alguns bicos como testador de jogos de computador. Certo dia, Flynne aceita substituir o irmão no teste de um novo e misterioso jogo. E a sua vida nunca mais será a mesma. Não só o ambiente do jogo parece mais realista do que qualquer outro que já experimentara, como Flynne pensa ter presenciado um homicídio. E se é apenas um jogo… por que é que agora a sua vida corre risco? Algumas décadas depois, Wilf Netherton vive numa sociedade onde os periféricos, avatares a que os utilizadores podem-se ligar, são comuns. Eles permitem viagens no tempo e no espaço, e é através de um deles que Flynne chega ao futuro em busca de respostas. Quem era a vítima? Quem era o assassino? E, mais importante, porque é ela agora um alvo a ser abatido?

Fonte

# Destaque, The Peripheral