Sejam bem-vindos ao Chloe Moretz Brasil, sua principal fonte sobre a atriz americana, conhecida pelos papéis de Hit-Girl em Kick-Ass, Mia em Se eu Ficar e Cassie Sullivan em A 5ª Onda. O CMBR é um site feito de fã para fã, com o objetivo de informar e entreter aqueles que acompanham a carreira de Chloe. Sintam-se livres para desfrutar e compartilhar nosso conteúdo, que varia desde fotos, vídeos, notícias, à matérias traduzidas. Voltem sempre!

Finalmente Chloe Grace Moretz terá o reconhecimento que merece por anos dedicados à sua carreira como atriz. Segundo a Variety, o estúdio independente responsável por “The Miseducation of Cameron Post”, FilmRise, fará campanha para Chloe concorrer à categoria de Melhor Atriz na temporada de premiações que inicia no fim do ano.

“The Miseducation of Cameron Post” centra-se em uma caloura do ensino médio (Moretz) que é enviada para um acampamento de conversão gay depois de ser pega namorando sua amiga após o baile de boas-vindas. O filme estreou no Sundance, onde ganhou o grande prêmio do júri e recebeu críticas fortes.

“Chloë merece ser reconhecida por interpretar um papel tão sutil e por seu trabalho defendendo o filme e sua missão”, disse Faye Tsakas, diretor de aquisições da FilmRise.

O estúdio indie também irá impulsionar o longa para Melhor Filme, Roteiro, Diretor, e para o trabalho de membros do elenco, como Jennifer Ehle e John Gallagher. A FilmRise está comprometida em gastar algo em torno de seis e poucos dígitos, vai sediar exibições e divulgar anúncios. Os executivos do estúdio brincaram que gostariam de exibir o filme do lado de fora da Casa Branca – uma referência ao apoio do vice-presidente Mike Pence aos programas de conversão gay.

O FilmRise trabalhará com a Brigade Marketing e seu fundador, Adam Kersh, enquanto planeja seu lançamento à temporada de premiação. A empresa lançou sua primeira campanha de premiação no ano passado para “Marjorie Prime”. O filme foi excluído do Oscar, mas conseguiu indicações no Indie Spirit e Gotham para Lois Smith.

“The Miseducation of Cameron Post” não é o único candidato à premiação para lidar com a controversa prática da terapia de conversão. A Focus Features está lançando “Boy Erased”, um filme que analisa o filho de fundamentalistas religiosos em sua experiência em um programa de conversão gay apoiado pela igreja. O estúdio acredita que o filme tem potencial para o Oscar e poderia ganhar acenos para um elenco que inclui Lucas Hedges, Nicole Kidman e Russell Crowe. Grace Moretz recentemente lançou um pouco de shade em “Boy Erased”, observando que é dirigido por um homem hetero (Joel Edgerton), enquanto “The Miseducation de Cameron Post” é escrito e dirigido por uma mulher bissexual (Desiree Akhavan). Moretz também observou em entrevistas que o assunto tem significado pessoal. Dois de seus quatro irmãos são gays.

FilmRise também está ansiosa para usar o filme para chamar a atenção para causas políticas. Ela quer aumentar a conscientização sobre os perigos da terapia de conversão e está trabalhando com diferentes organizações para gerar apoio para a campanha Born Perfect para acabar com a prática em todos os 50 estados americanos (confira mais informações aqui).

“O filme recebeu respostas positivas em termos de engajamento do público”, disse Tsakas. “Nós vemos a campanha de premiações como uma maneira de manter esse envolvimento e construir nosso movimento”.

“The Miseducação de Cameron Post” gerou $407.735 dólares desde o lançamento neste mês. Beachside Films produziu o longa, que a FilmRise adquiriu após sua estréia no Sundance.

FonteTradução: Bruna Rafaela – CMBR

Chloë Moretz Brasil é um fansite não-oficial sem fins lucrativos. Não possuímos nenhum contato com a Chloë, seu agente, sua família, amigos, etc. Pedimos que os arquivos traduzidos pela equipe do site, assim como conteúdos pesquisados e editados por nós, sejam sempre creditados quando usados em outro site. Se há algo seu aqui e você gostaria que nós retirássemos, por favor entre em contato conosco antes de tomar qualquer ação legal.