Chloë Moretz Brasil

“I love you, Daddy” será exibido nos cinemas + novas fotos dos bastidores

Foram adicionadas na galeria 2 novas fotos dos bastidores do filme “I love you, Daddy”, filmado em Nova York. Além disso, o diretor, Louis C.K. concedeu uma entrevista ao The Hollywood Reporter, onde fala sobre o longa que sera lançado neste sábado no Toronto International Film Festival, TIFF. Confira:

Toronto: Por que Louis C.K. quer seu filme “secreto” rodando nas telonas (exclusivo)

Em uma entrevista à frente da estréia mundial de “I Love You, Daddy” no sábado, um filme gravado sob uma mortalha de sigilo em Nova York – o criador diz ao THR que não tem planos de auto-distribuir, como ele fez com sua amada série ‘Horace e Pete’

Dirigindo-se ao mercado de Toronto, “I Love You, Daddy” de Louis C. K., um filme gravado inteiramente em segredo e que apresenta um elenco impressionante que inclui Chloe Moretz, Pamela Adlon, Rose Byrne, Charlie Day e John Malkovich – certamente deixou os compradores intrigados. Mas o consenso entre eles era que o filme não estava realmente à venda, e o criador poderia simplesmente se auto-distribuir em seu site como ele fez com sua amada série Horace e Pete.

Mas esse não é o caso.

“Este é um filme que eu quero ver projetado”, diz C.K. ao The Hollywood Reporter. “Eu quero alguém que possa colocar isso nos cinemas. Esse é um grande objetivo para mim”.

Na verdade, este filme definitivamente não deve ser visto em um iPhone, pelo menos não inicialmente. Filmado em preto e branco usando filme de 35 mm, “I Love You, Daddy” também possui outra marca de tela grande – uma trilha sonora orquestrada que o escritor e diretor-produtor-estrela gravou no famoso Abbey Road Studios, em Londres.

“No final da estrada, é claro que eu quero que as pessoas vejam isso em suas casas”, diz ele. “Talvez isso seja [no] meu site, mas eu quero primeiro nos cinemas”.

Isso deve vir como uma boa notícia para os distribuidores que procuram um filme que poderia aproveitar uma estrela com uma marca identificável e uma base de fãs raivosa.

“Tive muito sucesso vendendo ingressos em turnês [de comédia]”, diz ele. “Nós vendemos o Madison Square Garden cinco vezes no ano passado, e nós não gastamos um centavo na propaganda. Eu acho que há uma maneira criativa de sair com um filme, e eu gostaria de encontrar alguém que faça isso conosco”.

Os compradores podem ser perdoados por seus pressupostos iniciais. Até agora, nada era conhecido sobre o filme, e tudo sobre isso vazou, uma vez que sua inclusão na programação TIFF cheira a não convencionalidade. C.K. financiou o filme, que está sendo vendido pela 3 Arts, em vez de um agente de vendas tradicional, sozinho. Ele gravou rapidamente, cerca de 20 dias antes deste verão. O que é notável é que ninguém estava ciente disso, apesar de ser uma produção em Nova York, a chamada capital de mídia do mundo.

“Eu não sou um cara que gosta de anúncios”, diz ele. “Eu gosto de apenas fazer isso. Pedi aos representantes envolvidos para ficarem quietos. Para seu crédito, ninguém disse nada. Estou bastante impressionado.”

Depois que o filme fizer sua estréia mundial no sábado, a insanidade provavelmente começará. “Espero que seja uma noite maluca”, diz ele. “Ou não será. Sempre há a possibilidade de que ninguém se importará com isso e vou ter um bom jantar com meu elenco e ir para casa”.

Fonte | Tradução: Bruna Rafaela – CMBR




Leave a comment